Sobre 2020-02-04T23:53:58+00:00

Marina Nabais Dança, associação cultural (MND) nasceu em Dezembro 2013, assumindo como objetivos a investigação, a criação e difusão de espetáculos na área do Movimento Contemporâneo, bem como a promoção de projetos pedagógicos, numa lógica de colaboração e interdisciplinaridade .

Em busca de um entendimento e relação com o mundo, a associação encontra as suas raízes no devir do corpo em transformação, onde o movimento está em permanente metamorfose, sempre conectado com o momento presente.

Os principais focos desta procura constante são a consciência e percepção do corpo, bem como das suas potencialidades de movimento; o encontro com uma medida certa de esforço e o estímulo do imaginário e criatividade.

MND relaciona-se transversalmente com todas as fases da vida, onde cada etapa de desenvolvimento humano individual e coletivo tem algo de muito precioso a contribuir.

Marina Nabais

Nasceu em Luanda, viveu no Rio de Janeiro e em Amesterdão, e reside em Lisboa.

Mestre em Artes Performativas, especialização em Teatro do Movimento, pela Escola Superior de Teatro e Cinema, Lisboa (2011-2013). Bacharelato pela Escola Superior de Dança, ramo de Espetáculo, Lisboa (1992-1995). Pós-graduação na School For New Dance Development, Amesterdão (1995-1997). Tem o Curso de Dança na Comunidade do Fórum Dança de Lisboa (2006).

Em 2003 cria a menina dos meus olhos, associação cultural, na qual desenvolveu vários projetos de dança/teatro em co-criação, até 2013.

Em 2013, nasce Marina Nabais Dança, associação cultural, projeto artístico em nome próprio, com vários colaboradores. Como coreógrafa, destaca: Avesso (2008), Por um Rio ( 2011), O Peso de uma Semente (2013), Dançário (2014), De Seda (2015), CORPO-MAPA-LIVRO (2016), Na Ausência do Meu Corpo (2017), NO e Vagar (2018), Em Branco e Suspenso (2019).

Como intérprete trabalhou com diversas entidades e artistas, nomeadamente Companhia de Dança de Almada, António Tavares, Nigel Charnock, Peter Michael-Dietz, Teatro “O Bando”, Luís Castro, Lúcia Sigalho, Aldara Bizarro, entre outros.

Desenvolve, ainda, um trabalho pedagógico na área da dança, abrangendo diferentes faixas etárias, e junto de diferentes estruturas tais como Companhia de Dança de Almada, Culturgest, AMDA, Lugar Presente, Teatro Universitário do Minho, Fórum Dança, O Teatrão, Teatro Maria Matos, Museu do Douro, Teatro Viriato, ArtemRede e o Conservatório Nacional de Lisboa.

Colaboradores

Alban Hall, André Ferreira, Ângela Ribeiro, Bari Kim, Carla Ribeiro, Catarina Alfaia, Catarina Vieira, Clara Bevilaqua, Elena Castilha, Gonçalo Alegria, Guilherme Calligari, Inês Galvão Teles, Isabel Correia, Isabel Morgado, Joana Durães, Joana Pupo, João Moreira, Margarida Mestre, Manuel Abrantes, Marina Duarte, Marina Nabais, Miguel Cruz, Namo Joo, Patrícia Rocha, Raquel Cabral, Ricardo Freitas, Rita Lucas Coelho, Sandra Caldeira, Sara Santana, Sara Franqueira, Sara Palácios

Parceiros

ACCCA-Companhia Clara Andermatt (Lisboa), Arquipélago – Centro de Artes Contemporâneas (Ribeira Grande, Açores), ARTEMREDE – Teatros Associados, Balleteatro (Porto), Centro de Experimentação Artística (Moita), Câmara Municipal de Coimbra, Câmara Municipal de Loures, Câmara Municipal de Monção, Câmara Municipal de Oeiras, Câmara Municipal de Ourém,  Câmara Municipal de Tábua, Câmara Municipal de Viseu, Centro Cultural de Vila Flor, Comédias do Minho, Conservatório Nacional de Lisboa,  DeVIR/CAPa (Faro), EIRA (Lisboa), Fórum Dança (Lisboa), IF Barcelona, O Teatrão (Coimbra), Museu do Douro (Peso da Régua), Teatro-Cine de Torres Vedras,.
Como co-produtores, destacam-se as seguintes estruturas: Câmara Municipal de Monção, Centro Cultural de Vila Flor (Guimarães), Cinema Teatro Joaquim d’Almeida (Montijo), Culturgest (Lisboa), Fundação Lapa do Lobo (Lapa do Lobo), Fundação Serralves (Porto), Teatro Maria Matos (Lisboa).
MND é uma estrutura apoiada pelo Município de Almada e recebeu apoios pontuais do Governo de Portugal/DGArtes-Direção Geral das Artes no âmbito dos projetos DANÇÁRIO, CORPO-MAPA-LIVRO e NA AUSÊNCIA DO MEU CORPO.